(73) 3265-1910

A Cidade

História de Itororó-Bahia

O território onde hoje está localizado o município de Itororó foi habitado pelos índios Kamakãs ou Mongoiós, pertencentes ao tronco Macro-Jê. A vinda dos primeiros colonizadores ocorreu no final do século XIX, quando alguns agricultores se estabeleceram à margem do rio Colônia, desenvolvendo a atividade da agropecuária.

No ano de 1922, o coronel João Borges da Rocha Neto, comerciante e fazendeiro de cacau no município de Itabuna, resolveu criar gado e enviou seu amigo João Alves de Andrade, juntamente com uma pequena comitiva, à região da cabeceira do Rio Colônia para comprar uma área de matas e instalar uma fazenda de pecuária. João Alves de Andrade ficou admirado com a qualidade das terras e negociou com os posseiros, adquirindo as primeiras glebas, comprando outras propriedades na circunvizinhança e aproveitando da grande disponibilidade de matas devolutas.

Essa imensa área de terras passou a pertencer ao coronel João Borges, e ficou conhecida como Fazenda Cabana da Ponte Agropecuária Ltda., chegando a registrar em cartório a área de 5.160 hectares, conforme escritura pública datada de 02 de janeiro de 1970.

João Alves de Andrade, na ocasião, também comprou para si alguns lotes e passou os títulos dos terrenos para o nome de Otavino Mota, que além de amigo, era da sua inteira confiança. Foi ele quem ajudou João Alves a fundar a Vila que recebeu o nome de Itapuy, instituída pela Lei Estadual nº 8800, de 1934, subordinada ao município de Itabuna.

Em 1931, construiu-se a Igreja de Santo Antônio, cuja primeira missa foi celebrada pelos vigários de Itabuna e Poções. Em 1943, pelo decreto-lei estadual nº 141, o distrito de Itapuy passou se chamar Itororó, vocábulo de origem tupi que significa "jorro de água", através da junção dos termos 'y ("água") e tororoma "jorro".

Em 1953, a Vila de Itororó foi transferida do município de Itabuna para o de Ibicaraí, e, finalmente, em 22 de agosto de 1958 foi elevada à categoria de município com a denominação de Itororó, pela lei estadual nº 1045.

Distritos

Pela lei estadual nº 4048, de 14 de maio de 1982, foram criados os distritos de Itati e Rio do Meio, ambos (ex-povoados) e anexados ao município de Itororó até os dias atuais.

Prefeitos

De 1959 a 1963 – Eujácio Simões
De 1963 a 1967 – Henrique Brito
De 1967 a 1970 – Agostinho Costa Santos
De 1971 a 1972 – Florisbel Alves Moreira
De 1973 a 1977 – José Menezes Lima
De 1977 a 1983 – José Ferreira Pinto e Etelvino Prates (vice)
De 1983 a 1988 – Ivaldo Bonfim e Roseval José Miranda (vice)
De 1989 a 1992 – Edneu Oliveira dos Santos e Arnol Calixto Oliveira (vice)
De 1993 a 1996 – Gilton Antônio Santos Alves e José Ferreira Pinto (vice)
De 1997 a 2000 – Edneu Oliveira dos Santos e José Vitalino Neto (vice)
De 2000 a 2004 – Marco Antônio Lacerda Brito e José Eudes Evangelista Pinto (vice)
De 2004 a 2008 – Marco Antônio Lacerda Brito e José Eudes Evangelista Pinto (vice)
De 2009 a 2012 – José Adroaldo Silva de Almeida e Delmara de Santana Brito (vice)
De 2013 a 2016 – Marco Antônio Lacerda Brito e Lieska de Melo Oliveira (vice)
De 2017 a 2020 – Adauto Oliveira de Almeida e Paulo Carneiro Rios (vice)

Fatos e Curiosidades

O FESTSOL – Festival da Carne-de-sol

O São João do município de ltororó, sempre foi uma grande festa realizada na roça, onde as famílias se reuniam para comemorar os festejos juninos juntamente com os amigos e a vizinhança. Um dos grandes apreciadores dessa época foi o velho Sinval Palmeira, avô do ator global Marcos Palmeira e uma tradicional personalidade do município, dono da Fazenda Cabana da Ponte, mantida ainda em Itororó. No foi no final da década de 80, um grupo amigos decidiu ampliar esses festejos criando um evento que divulgasse o nome da cidade e, ao mesmo tempo, valorizasse a sua excelente carne-de-sol. Surgiu então o 1°FESTSOL

Com o decorrer dos anos, o FESTSOL veio se consolidando como a melhor festa que divulga o municipio de Itororó, sua cultura e sua arte de fazer uma das melhores carne-de-sol do Brasil.

Dentre as atrações que já abrilhantaram o evento, podemos destacar inúmeras bandas e cantores conhecidos nacionalmente: Elba Ramalho, Daniela Mercury, Dominguinhos, Wando, Reginaldo Rossi, Amado Batista, Dorgival Dantas, Calcinha Preta, Limão com Mel, Companhia do Calypso, Mastruz com Leite, Fábio Júnior, Daniel, além dos artistas locais e regionais que todos os anos contribuem para a realização de uma das melhores festas de São João do país.

O FESTSOL representa hoje, sem dúvidas, o evento de maior importância para a cultura e a economia de Itororó e da região.

Principais informações

Aniversário: 22 de agosto
Padroeiro: Santo Antônio (13 de junho)
Mesorregião: Centro-sul Baiano (IBGE, 2008)
Microrregião: Itapetinga (IBGE, 2008)
Municípios limítrofes: Itapetinga, Itaju do Colônia, Firmino Alves, Caatiba, Itambé, Nova Canaã e Ibicuí.
Distância até a capital: 540 km
Área: 330,716 km²
População: 25.100 hab. (IBGE, 2010)
Densidade: 75,9 hab./km²
Altitude: 250 m
Clima: Tropical úmido